header image

Abigail Norfleet James

Rapazes e raparigas não aprendem da mesma maneira

2013-04-22
Há crianças que precisam de aprender em escolas separadas para conhecerem o seu verdadeiro eu, acredita a especialista.

Abigail Norfleet James

Rapazes e raparigas não aprendem da mesma maneira

Abigail Norfleet James

Abigail Norfleet James estudou numa escola só para raparigas, a St. Catherine’s School, em Richmond, Virgínia, Estados Unidos. Começou a dar aulas na década de 1970, assim que terminou a licenciatura e sempre se debruçou sobre as diferenças de aprendizagem entre rapazes e raparigas.

Por isso, na sua tese de doutoramento, em 2001, comparou licenciados, do sexo masculino, que frequentaram escolas diferenciadas com os que aprenderam em escolas mistas. Já publicou vários livros sobre o tema. Como ensinar o cérebro masculino e Como ensinar o cérebro feminino são alguns dos títulos.

A especialista em educação está em Portugal a convite da Associação Europeia das Escolas de Educação Diferenciada (EASSE) e, na sexta-feira, fez algumas formações para professores nesta área. O objectivo é que os docentes “adeqúem as suas metodologias aos avanços científicos no que se refere às diferenças do cérebro das raparigas e dos rapazes e Abigail Norfleet James é uma das maiores especialistas nesta área”, justifica Margarida Garcia dos Santos, presidente da associação em Portugal, acrescentando que esta informação pode ajudar a combater o insucesso escolar.

Este sábado, à tarde, no IV Congresso Internacional de Educação Diferenciada, em Lisboa, a investigadora norte-americana vai falar sobre o que os professores precisam de saber sobre os rapazes e as raparigas na sala de aula. Ao PÚBLICO aponta as diferenças de géneros e a importância da liberdade de escolha por parte dos pais para puderem optar por escolas separadas ou mistas. 


 Abigail Norfleet James 
Abigail Norfleet James grew up at a boys’ school: Woodberry Forest School in Orange, Virginia, where her father was a teacher and her mother was the school historian. Abigail was educated at a girls’ school: St. Catherine’s School in Richmond, Virginia.
Those formative years taught her much about the very real differences between how girls and boys learn, and sparked her lifelong quest to help children learn and thrive in the most supportive atmosphere possible.
Dr. James earned her B.A. in Science Education at Duke University, and went on to the University of Virginia to earn her Master’s in Counselor Education and her Doctorate in Educational Psychology. She began teaching after graduation from Duke, and has been making an impact in classrooms across the US, and the globe, ever since.
More >>>


Fonte: Publico (Portugal)
Há crianças que precisam de aprender em escolas separadas para conhecerem o seu verdadeiro eu, acredita a especialista.

TWITTER